Vocabulário do Tabaco - Ampliado
Celso Nogueira

Amplie seus conhecimentos sobre o mundo do tabaco com este glossário revisto e ampliado.

 


Amarillo – Folha amarelada de capa cultivada na sombra (em tapados).

Amatista – Pote de cerâmica ou vidro para 25 a 50 charutos, lacrado na fábrica.

Anilha: Também chamada de anel, é uma cinta de papel colocada ao redor da cabeça do charuto. Reza a lenda que Catarina, a Grande, ou nobres espanhóis inventaram as anilhas para impedir que as luvas brancas da época se manchassem. As anilhas frequentemente trazem impressa a marca, o país de origem e/ou a indicação de que o charuto é feito a mão. Desde que a folha de capa do charuto não rasgue, é indiferente deixar a anilha enquanto se fuma ou retirá-la.

Blend: Mistura dos diferentes fumos de um charuto, abrangendo até quatro folhas de bucha. Produzir blends é uma arte, e os profissionais do ramo são responsáveis por manter ano após ano o sabor característico de uma marca.

Bloom: Termo em inglês que significa "florescimento". No caso dos charutos, designa um fenômeno natural que ocorre no processo de envelhecimento dos charutos.
Também chamado plume ("penugem"), é causado pelos óleos exsudados durante os estágios finais da fermentação. Aparece como pó fino e branco que pode ser cuidadosamente removido. Não deve ser confundido com o mofo de charuto, que tem cor azulada e mancha a capa.

Boite Nature – Em francês, “caixa natural”. Caixa de cedro sem verniz em que alguns charutos são vendidos. Não levam pregos e contam com lâminas internas elevadas que protegem os charutos.

Book Style – Método para enrolar as folhas usado por alguns fabricantes, principalmente em Honduras. As folhas da bucha são empilhadas e depois enroladas como um pergaminho. Os charutos cubanos em geral usam o processo chamado de entubar, em que as folhas são primeiro torcidas uma a uma.

Bouquet: O aroma de um charuto de boa qualidade. Charutos muito velhos ou mal armazenados perdem o bouquet.

Box-pressed – Charutos de formato quase quadrado, pela pressão que sofrem dentro de caixas apertadas.

Bucha longa: Em inglês, long filler: Termo usado para designar buchas que se estendem pelo comprimento do charuto. Charutos feitos a máquina freqüentemente usam bucha picada.

Bucha: Também chamada de miolo, enchimento e tripa. Mistura de fumos que compõem a parte interna do charuto. Um bom charuto costuma conter entre dois e quatro tipos diferentes de folhas de bucha.

Bull's eye piercer: Furador. Dispositivo para abrir a cabeça fechada de um charuto antes de fumá-lo. Esse furador cria uma abertura circular como a de um centro de alvo (em inglês, bull's eye).

Bunch: Mistura de fumos de bucha que são combinados e unidos pelo capote para formar o corpo do charuto.

Burros: As pilhas em que o fumo de charuto sofre a segunda fermentação. Têm cerca de 1,8 metro e são cuidadosamente monitoradas.

Cabeça: Pedaço circular de folha de capa colocado numa extremidade fechada do charuto, aquela que precisamos cortar antes de fumar. A cabeça serve para evitar que a capa se desenrole. Os bons cortes deixam intacta parte da cabeça.

Cabinet Selection – Caixas de madeira, em geral para 50 charutos, com tampa de correr.

Calibre: Medida do diâmetro de um charuto, baseada em frações (1/64) de polegada. Um calibre 42, por exemplo, corresponde a 42/64 polegada.

Candela: Designa um tom de capa que é verde brilhante, obtido graças a um processo de secagem a fogo de lenha ou, menos freqüentemente, de vela, o que fixa a clorofila das folhas de capa antes da fermentação. Também conhecido como double claro.

Capa: Folha de fumo única, de alta qualidade, que envolve o charuto e o dá seu acabamento final. É muito elástica e, idealmente, não tem jaças. Em inglês, “wrapper”.

Capote ou sub-capa: Folha de tabaco natural que dá sustentação ao miolo.

Catador – Nome dado ao degustador profissional de charutos que avalia o sabor, a textura e o aroma, por amostragem.

Cedro: A madeira que é usada para fazer a maioria das caixas e dos umidificadores de charuto.

Celofane – Espécie de papel fino e transparente usado para embrulhar individualmente alguns charutos, que por isso levam o nome de celofanados.

Cepo – Base com buracos de diâmetro variado, em geral de madeira, metal ou plástico, usada para conferir o calibre dos charutos.

Chaveta: Termo em espanhol. Instrumento cortante usado pelos torcedores nas fábricas de charuto para recortar folhas de capa.

Claro: Tom de capa entre o verde claro e o marrom claro. Também chamado de natural.

Colorado: Tom de capa entre o marrom médio e o vermelho amarronzado. Típico de charutos envelhecidos.

Connecticut broadleaf: Folha de capa escura frequentemente usada em charutos do tipo maduro. Cultivada no vale do Connecticut (EUA).

Connecticut shade: Folha de capa lisa, elástica e marrom usada em charutos de primeira qualidade. Cultivada no vale do Connecticut (EUA). Como denota o termo "shade" (sombra), essa folha é cultivada sob cobertas de talagarça chamadas tapados. A luz solar assim filtrada cria uma folha mais fina e elástica.

Corojos: Plantas de fumo que são escolhidas para folhas de capa e cultivadas sob cobertas de gaze.

Corpo: A extensão entre a ponta e a cabeça do charuto.

Corte em cunha ou V: Corte em forma de V que é feito na ponta fechada de um charuto.

Cuban seed: Termo em inglês que significa "semente cubana". Em geral, designa fumo cultivado fora de Cuba, porém com sementes provenientes daquela ilha.

Culebra – Três panatelas entrelaçados.
De sol: Fumo cultivado diretamente ao sol, o que cria uma folha mais espessa, com veios saltados.

Destalo – Remoção do talo central da folha de tabaco.

Divino: segundo terço do charuto, no qual o aroma é rico, constante e a temperatura mais elevada.

Double claro: O mesmo que candela.

Draw: Termo em inglês que designa o fluxo do charuto.
Escaparates: Arcas resfriatórias onde os charutos são conservados na fábrica durante semanas ou meses, após terem sido torcidos.

Feno: Primeiro terço do charuto, no qual há concentração de sabor e explosão de aromas.

Fermentação: Tal como os vinhos finos, os bons fumos de charuto são produto da fermentação e continuam a passar por estágios adicionais de fermentação à medida que envelhecem. Após a colheita, trabalhadores amontoam as folhas de fumo em grandes pilhas (os pilones) e os umedecem para promover a primeira fermentação. As temperaturas em seu interior podem chegar a 60º C.

Figurado – Termo que abrange os formatos não paralelos, como Belicosos, Torpedos, Pirâmides, Perfectos e Culebras.

Galera – Nome dado ao setor de produção nas fábricas de charutos de Cuba, onde ficam os torcedores. Nome de galera é o apelido que um determinado formato recebe dos trabalhadores.

Goma: Adesivo vegetal sem sabor que é usado para selar a folha de capa.

Habano: Designação que, quando inscrita na anilha, indica que o charuto foi feito em Cuba, mas não necessariamente em Havana. Também se diz havanos ou havanas. Os cubanos falam simplesmente puros.

Habanos SA: A companhia estatal cubana que controla a produção do país. Antiga Cubatabaco.

Higrômetro: Dispositivo que indica a umidade do ar. Usado para monitorar as condições no interior dos umidores.

Homogenizado, capote: Capote feito de folha de fumo picado e celulose. Facilita a produção a máquina e pode ajudar a queima de certos produtos.

Inalar: Ou tragar, o que não se faz com a fumaça do charuto.

Leitor – Tradicionalmente, o locutor que lê notícias e romances aos torcedores, nas galeras. Hoje foi substituído pelo rádio, em muitas fábricas.

Ligeiro: Tipo de folha que imprime força ao charuto.

Maço – Embalagem de celofane para charutos, normalmente com 25 unidades.

Maduro: Tom de capa que varia do marrom avermelhado muito escuro ao quase preto. A cor resulta de exposição mais demorada ao sol, de cozimento ou de fermentação mais longa. Não necessariamente um charuto escuro seja mais forte do que aquele com capa clara.

Miolo: O mesmo que bucha.

Mofo azul: Fungo potencialmente prejudicial que pode se formar em charutos armazenados a temperaturas demasiado altas.

Óleo: O óleo é a marca de um charuto bem umidificado. Até charutos envelhecidos por um bom tempo exsudam óleo a uma umidade de 70-75%, nível no qual devem ser armazenados.

Ombro: Região do charuto na qual a cabeça encontra o corpo. Se cortado abaixo do ombro, o charuto começa a desenrolar.

Oscuro: Tom de capa escuro, mais que o maduro. Na maioria das vezes, refere-se a capas brasileiras ou mexicanas.

Parejos – Charutos de formato tubular, comos coronas, churchills, panatelas and lonsdales.
Partidos: Importante região de cultivo de fumo em Cuba.

: Extremidade do charuto a que se acende para iniciar a combustão.
Petaca: Caixa com 3 ou 5 unidades.

Pilones: As pilhas em que o fumo de charuto sofre a primeira fermentação. Caso a temperatura no interior de um pilón fique alta demais, ele é desfeito para facilitar a fermentação.

Planchas: Antes da fermentação, as folhas de fumo são estendidas sobre planchas (tábuas).

Plug: Obstrução que às vezes ocorre no fumo e pode impedir que se "puxe" adequadamente o charuto. Às vezes é possível atenuá-la massageando suavemente o charuto. Charutos plugados ou travados são considerados defeituosos.

Ponta: O mesmo que feno.

Premium: Charuto de qualidade superior, feito com folhas inteiras de tabaco, tanto no miolo quanto no capote e na capa.

Purina: Último terço do charuto, onde os aromas são mais suaves e frescos.

Purito: Charuto pequeno, que na maioria das vezes não é feito a máquina e sim a mão.

Puro: 1. Charuto, em espanhol. 2. Charuto com bucha, capote e capa de mesma origem. Historicamente o termo se aplicava aos charutos cubanos, mas hoje seu uso é mais amplo.

Puxada: A quantidade de ar que o fumante aspira pelo charuto aceso. Charutos bem feitos têm a puxada fácil, gerando a fumaça fria. Se a puxada for fácil demais, a fumaça será demasiado quente. Se o charuto estiver travado e a puxada for ruim, o ato de fumar não será relaxante.

Queima - Combustibilidade do charuto.

Quente: Termo usado para descrever charutos que não têm bucha suficiente e,por isso, oferecem puxada rápida e frouxa. Charutos "quentes" tendem a um sabor adstringente, em vez de suave.

Rezagos – Charutos que não foram aprovados pelo controle de qualidade.
Rugosidade: A granulação característica das folhas de capa menos lisas, como, por exemplo, as de Camarões.

Seco: Tipo de fumo de bucha que contribui freqüentemente para o aroma e costuma ter intensidade média. Folha que dá ao charuto sua "finesse".

Selo de Garantia – Usado para lacrar as caixas de charutos. Pode ser do governo ou do fabricante.

Semi-varnished – Caixa de cedro com fina aplicação de verniz opaco em que alguns charutos são vendidos.

Tapado: Coberta de talagarça sob a qual se cultivam folhas de capa.

Tercios: Fardos cúbicos de 60 a 70 quilos, cobertos com pranchas de madeira extraída de palmeiras cubanas, nos quais o fumo fermentado é despachado para as fábricas.

Torcedor: O especialista que torce (enrola) charutos nas fábricas. Também chamado de tabaqueiro.

Torcido a mão: Todos os charutos feitos a mão são torcidos (enrolados) também manualmente. No entanto, alguns charutos "torcidos a mão" são feitos a máquina até o ponto em que a capa é aplicada manualmente.

Tripa: O mesmo que bucha. Em inglês, “filler”. Os charutos podem ser long filler (tripa longa), medium filler (tripa média) e short filler (tripa curta), conforme o tamanho das folhas usadas em sua elaboração.

Tubos: Os charutos podem ser acondicionados em tubos especiais de madeira, metal ou vidro.

Umidor: Câmara ou caixa projetada para manter a umidade e a temperatura adequadas à conservação e envelhecimento dos charutos. Ali, a umidade deverá manter-se ao redor de 70-75% e a temperatura, dos 18º-20ºC.

Vega: Plantação de tabaco para charuto. A mais famosa é a Vega Robaina, de onde sai o fumo para o charuto de mesmo nome.

Veio: Parte estrutural das folhas. Veios proeminentes podem ser defeito em capas.

Vintage: Termo que significa "safra de qualidade especial". Quando usado em referência a charutos, indica o ano em que se colheu o fumo, e não o ano em que se fez o charuto.

Viso: Folha de capa lustrosa que é cultivada à sombra.

Volado: Tipo de fumo de bucha que é adicionado em razão de suas propriedades combustíveis.


Vuelta Abajo: Região cubana onde crescem os melhores tabacos do mundo.

Fontes:
http://www.geocities.com/thehumidor/basics/glossary.html
http://www.cigarfrogs.com/cigar_terminology
http://www.realitytabaco.com.br/tabaco_7.asp
http://www.cubanlous.com/cigar-glossary-i-9.html
http://www.cubanlous.com/cigar-glossary-i-9.html


 

 

 

 
  Newsletter
Cadastre-se e receba nossas
novidades em seu email.
Nome:
Email:


 
     
  Charutos Personalizados
Comemore o nascimento de seu filho, casamento ou uma conquista de sua empresa com charutos personalizados.



 
     
   Telefones:  (11) 5096-2494 / 5041-1596
  © Copyright Charutos e Bebidas. Todos os direitos reservados.
  Qualquer reprodução deste material deverá ser feita com autorização.