Linie viaja para aprimorar seu sabor
Por Celso Nogueira


AzeitonasSuécia, Noruega e Dinamarca produzem um destilado de batata ou cereais, temperado com ervas e especiarias, de alto teor alcoólico, capaz de atenuar as agruras do frio escandinavo. Trata-se da aquavit ou acquavit, a água da vida em latim vulgar.

Produzida na Noruega, em Trondheim, a Linie Aquavit descansa em barris antigos de jerez espanhol Oloroso, e precisa cruzar duas vezes o Equador antes de ser consumida. Uma versões para  a origem do peculiar processo relata a viagem feita pela embarcação Gymer, encarregada de levar aquavit à Austrália por volta de 1850. Como na época as viagens marítimas levavam muito tempo, ao chegar ao destino o capitão descobriu que o receptor da encomenda já tinha morrido. O capitão voltou à Noruega com o carregamento intacto.

Ao provarem a bebida na volta, os noruegueses sentiram que ela havia se tornado muito mais suave e diferente de qualquer outra. Ninguém jamais soube explicar cientificamente a influência do balanço do mar ou do trópico do Equador, mas por via das dúvidas a empresa decidiu manter o hábito e até hoje o aquavit é mandado para o outro lado do mundo. Após a viagem até a Austrália, as garrafas são marcadas no verso do rótulo com o nome do navio e a data da viagem.



AzeitonasEspeciarias

A mais antiga referência à aquavit data de 1531, numa carta do Senhor do Castelo de Bergenshus, Eske Bille to Olav Engelbretsson, ao arcebispo da Noruega. Ele oferece ao religioso “uma água chamada Aqua Vitae, auxiliar no tratamento de todos os tipos de doença que um homem pode sofrer interna ou externamente”. Na época não vigorava nenhuma restrição à propaganda de bebidas alcoólicas, como se vê.

A aquavit, como outros destilados, apresenta cor e sabor quase neutros ao sair do alambique. Depois são acrescentadas água, alcaravia e  especiarias como endro, coentro, funcho, cravo e canela, conforme o fabricante. No caso da Linnie, ainda resta dar meia volta ao mundo para chegar ao resultado final, uma bebida de personalidade e sabor marcante, com graduação alcoólica superior a 40º GL. A aquavit Linie vai bem com caranguejos, camarões, e peixes defumados, como arenque e salmão, assim como pratos bem condimentados.

Em São Paulo o restaurante do Clube Escandinavo destaca em seu menu o smorgasbord -uma mesa de peixes e carnes frias, patês e saladas que varia a cada dia - servido apenas às sextas e aos sábados, no jantar, e, aos domingos, no almoço. Ali se pode conhecer a comida escandinava e, com sorte, beber uma aquavit. O Svanen Scandinavian Food fica na rua Morais de Barros, 1.009 - Campo Belo.

Uma pequena empresa paulista, Dana Snaps, fabricou uma Aquavit de mesmo nome “por técnica dinamarquesa”, com graduação alcoólica de 54º GL, uma paulada. Fora do mercado há muitos anos, tornou-se bebida de colecionador.

AzeitonasA fábrica a dinamarquesa Aalborg produz a Aalborg Akvavit, de coloração límpida e bouquet com predominância da alcaravia, uma das mais consumidas mundialmente. Já a variação Aalborg Jubiläums Akvavit equilibra os aromas de alcaravia e endro, e tem cor amarelo-dourada.

A Suécia comercializa mais de vinte tipos de aquavit. A marca mais bebida no país é a Skåne  que, ao contrário das bebidas concorrentes, não tem ervas e aromatizantes. Outra bastante popular é a Heergårds, esta sim, aromatizada.

A bebida também é bastante apreciada com cerveja, a exemplo de outros schnapps, destilados de grãos e frutas. De país para país, as especificações sobre a maneira correta de beber aquavit mudam. Na maioria dos casos, é preciso colocá-la em copos pequenos e previamente gelados, como aqueles para shots, e virá-los de um gole só. Na Noruega é proibido gelar os copos. Somente a bebida deve estar gelada. De todo modo, em qualquer lugar é importante deixar sempre um pouquinho da "água sagrada" no fundo do copo. Para o santo...




Celso Nogueira   Celso Nogueira - tradutor, editor e redator especializado em alimentos e bebidas, trabalha com marketing de relacionamento em uma multinacional e faz traduções literárias e gastronômicas, além de realizar palestras e conduzir degustações sobre gastronomia, cachaça e charutos. Foi um dos fundadores e atuou como diretor da confraria Cigar Club.

 

 
  Newsletter
Cadastre-se e receba nossas
novidades em seu email.
Nome:
Email:


 
     
  Charutos Personalizados
Comemore o nascimento de seu filho, casamento ou uma conquista de sua empresa com charutos personalizados.



 
     
   Telefones:  (11) 5096-2494 / 5041-1596
  © Copyright Charutos e Bebidas. Todos os direitos reservados.
  Qualquer reprodução deste material deverá ser feita com autorização.