Curso de charutos - 6 - Cortador
por Cesar Adames

À medida que cresce o interesse e a familiarização com o universo dos charutos, os acessórios se tornam peças fundamentais para uma melhor degustação.
É importante conhecermos quais são estes instrumentos que apesar de coadjuvantes são muitas vezes alçados ao papel principal para um prazer perfeito.



O Cortador

Quando compramos um charuto, normalmente ele vem com a parte que iremos colocar na boca fechada, permitindo que possamos escolher qual o tipo de corte que iremos usar. Fumadores mais antigos normalmente têm o costume de tirar a tampa que cobre a ponta do charuto com a unha ou com os dentes, o que pode às vezes ser incômodo, deixando pedaços de fumo que irão atrapalhar o ato de degustar seu charuto. Para evitar este tipo de problema é fundamental fazer um bom corte e o cortador é a peça mais importante para a preparação do charuto.


Podemos dizer que um charuto é como um tubo e que dependendodo corte que fizermos poderá favorecer ou dificultar o fluxo e afetar a combustão. Um corte reto deixa o tubo aberto para que o fumo possa fluir de forma suave e natural. O corte em cunha ou "v" só abre uma parte do charuto fazendo com que o fumo passe por uma área menor, obrigando um esforço maior para a sucção.

Outro tipo de cortador que concentra o fumo é o cortador que faz um furo circular e que pode ter dois tipos de tamanho. Este tipo de corte pode tornar um charuto que seria normalmente mais suave em um charuto mais encorpado. Deve-se evitar, a qualquer custo, utilizar um palito como furador, pois não estamos efetuando um corte no charuto e simfurando e empurrando o fumo para dentro fazendo com que o charuto fique entupido.

 

       Um dos cortes mais tradicionais, utilizado em restaurantes ou após jantares mais finos, é feito com uma tesoura própria para o corte com as duas lâminas em curva. Fique atento ao tamanho. Tesoura pequena serve para charutos de tamanho petit-corona, corona e lonsdale, enquanto a grande, serve para tipo robusto, churchill e double corona.


O modelo mais utilizado é a guilhotina que pode ter uma ou duas lâminas e faz um corte reto, possibilitando um fluxo excelente. Este tipo de cortador normalmente tem suas lâminas em aço e o acabamento externo pode ser de plástico, nos modelos mais simples, até o banho de ouro, comum nos modelos da S.T.Dupont , Cartier e Dunhill.

 

Independente do tipo de cortador que venha escolher, tenha sempre em mente que um bom corte é fundamental para o início de um prazer maior que é degustar um charuto.

       

Cesar Adames é consultor na área de tabaco, professor do Senac e da IBA (International Bartender Association) na disciplina Charutos & Bebidas. Jurado do concurso internacional Habanosommelier e colaborador de diversas revistas, jornais e sites.

 

 
  Newsletter
Cadastre-se e receba nossas
novidades em seu email.
Nome:
Email:


 
     
  Charutos Personalizados
Comemore o nascimento de seu filho, casamento ou uma conquista de sua empresa com charutos personalizados.



 
     
   Telefones:  (11) 5096-2494 / 5041-1596
  © Copyright Charutos e Bebidas. Todos os direitos reservados.
  Qualquer reprodução deste material deverá ser feita com autorização.