Iniciação ao cachimbo: acender o cachimbo
por Castro Valdomiro

PartagasFósforos, isqueiro a gás butano ou nafta (Zippo) servem. No entanto, todos eles apresentam ligeiras diferenças.

Os fósforos são o método tradicional de acender um cachimbo. Acenda o fósforo e espere que o enxofre arda. Aproxime o fósforo do topo do cachimbo e aspire o fumo suavemente, mova o fósforo num trajeto circular de maneira lenta e uniforme. Esta talvez seja a forma ideal de acender o cachimbo: assim não se influencia o aroma do tabaco.

Os isqueiros de gás butano são um pouco mais convenientes que os fósforos, e também são insípidos e inodoros.

Os isqueiros próprios para cachimbo têm uma (por vezes mais de uma) saída com um determinado ângulo que facilita a tarefa de acender o cachimbo, pois não queima os dedos.

PartagasFinalmente, os isqueiros de nafta, também denominados isqueiros a gasolina ou fluido. Estes partilham a conveniência dos isqueiros a gás, e têm a capacidade de acender o cachimbo mesmo sob vento forte. A Zippo comercializa isqueiros próprios para cachimbo que possuem um orifício circular para ser posicionado sobre o fornilho enquanto a chama é sugada para dentro do tabaco. O grande defeito desses isqueiros é o sabor a gasolina que conferem ao tabaco.



Manter o cachimbo aceso

Não fique preocupado se tiver dificuldade em manter o cachimbo aceso. Raros são aqueles, mesmo com experiência, que não deixam o cachimbo apagar. O principal é relaxar e desfrutar esses momentos de ócio, o resto vem por si. Atenção, o cachimbo deve ser fumado com calma e de preferência enquanto se faz uma pausa.



Acender o cachimbo

A melhor maneira de manter o cachimbo aceso começa na forma como o acendemos. A maior parte das pessoas acendem o cachimbo duas vezes, para que todo o tabaco no topo esteja aceso de maneira uniforme.



Remover a cinza

Enquanto fuma é necessário que retire a cinza que se vai formando no topo do fornilho. Estas cinzas devem ser removidas periodicamente: volte o cachimbo para dentro do cinzeiro e bata gentilmente com o indicador no fundo do cachimbo, de maneira a libertar a cinza. A presença da cinza impede a passagem de oxigênio para a combustão do tabaco, dificultando a sucção.



A cadência

A cadência a que se fuma é o compasso de inspiração, este ritmo é bastante importante. Com a prática que se vai adquirindo a cadência certa. O conceito geral é o de manter aceso o cachimbo, e que este queime com uma temperatura ideal. A temperatura ideal pode ser definida quando seguramos o cachimbo e ele não nos queima as mãos. O cachimbo deve estar confortável na sua mão. Caso não consiga segurar o cachimbo coloque-o de lado e espere que ele arrefeça.

A temperatura

A temperatura no fornilho não pode ser muito elevada, pois sujeita-se a irritações na língua e à danificação do cachimbo.



Castro   Castro Valdomiro – Administrador de Empresas.
Apreciador de Cachimbos e Degustador de Charutos desde 1970.
Um dos Fundadores do Cigar Club, atualmente Diretor Moderador da Confraria
Amigos do Cachimbo - cAc e proprietário do Portal de Charutos do Brasil.

 

 
  Newsletter
Cadastre-se e receba nossas
novidades em seu email.
Nome:
Email:


 
     
  Charutos Personalizados
Comemore o nascimento de seu filho, casamento ou uma conquista de sua empresa com charutos personalizados.



 
     
   Telefones:  (11) 5096-2494 / 5041-1596
  © Copyright Charutos e Bebidas. Todos os direitos reservados.
  Qualquer reprodução deste material deverá ser feita com autorização.